O mesmo fluxo de vida que corre através das minhas veias noite e dia atravessa o mundo e dança em medidas rítmicas, é a mesma vida que dispara na alegria através do pó da terra em inúmeras lâminas de grama e se divide em ondas turbulentas de folhas e flores. É a mesma vida que é embalada no berço de nascimento e da morte do oceano na maré baixa e alta. Eu sinto que os meus membros são feitos gloriosos pelo toque deste mundo de vida. E o meu orgulho é do pulsar da vida de eras dançando em meu sangue neste momento.