Onde eu estou ninguém pode ouvir meu grito de socorro. Aonde eu cheguei você não pode me salvar. O coração que você quebrou não pode mais ser reconstruído. E é assim que me sinto; como se meu castelo tivesse vindo abaixo, e de certa forma veio. E tudo costumava ser tão lindo e tão perfeito. Paredes que levantei desmoronaram. Força e esperança já não encontro. Sonhos completamente destruídos. Vida acabada.
© Antônio Reis

Onde eu estou ninguém pode ouvir meu grito de socorro. Aonde eu cheguei você não pode me salvar. O coração que você quebrou não pode mais ser reconstruído. E é assim que me sinto; como se meu castelo tivesse vindo abaixo, e de certa forma veio. E tudo costumava ser tão lindo e tão perfeito. Paredes que levantei desmoronaram. Força e esperança já não encontro. Sonhos completamente destruídos. Vida acabada.

© Antônio Reis